21 de out de 2008

Prima-Facie Utopia

Carne, ossos, sal & verde & chão & água
Silêncio das Estrelas
Descanso manso sem gênero

Calmas manhãs chuvosas
quem dera os dias fossem sempre assim
Inteiros pulverizados

Com o peso de gotas ínfimas
nas folhas das árvores
Lentas, caminham rumo à sonolência

Ar... carregado de umidade tenra
Envolve toda a calmosfera
onde persiste a existência que finda-se

Que morra tudo que tribula...
E deixe nossas lágrimas secas serem as centelhas corporais, cadáveres chorosos,
dos seres que carregam suas memórias-fardos orvalhosas, pousadas como
almas de plantas, nos lugares que não mais... sofrerão...