28 de nov de 2012

Meister Blake


(Em homenagem aos 255 anos do nascimento de William Blake)


Blake
   Memorável & Impressionante
      clamor da alma
   Como nunca depois
      pela liberdade do ser
   Contra os grilhões de aeons
      que terrivelmente
         destroem toda a Beleza.
Blake
   Poeta de visão & voz
      da imensidão da imaginação
   Observa as emanações
      que revelam a harmonia
         entre a ordem & o caos
   A perfeição que só abençoará
      os homens de Eterno Deleite.
Blake
   Sua própria mão & olho
      formou sua terrível & bela
         simetria.




21 de nov de 2012

O Dia Que Nasceu Hoje...


Calmo veio o Sol fazer alvoroço no meu olhar.
De manhã bem cedo esse Céu exuberante me confundiu:
Achei que ainda dormia & sonhava!


**********************************************
(Esse dia que nasceu hoje é Véspera Mensal do Grande Baktun,
  Seu nome é ‘Belo Calmo Despertar’!)


20 de nov de 2012

Eliza...

                                               “A vida até PARECE uma festa...”
                                                                                                (“Diversão”, dos Titãs)

... vagou como prêmio pelo covil dos lobos
sugando a morte para sua alma
sorvendo o lodo doente que impregna a mente
   dos príncipes deste mundo,
... andou com alegria vã
por entre cães, serpentes & abutres
que só queriam diversão,
ave colorida em gaiola enferrujada
   de um inferno luxuoso,
... mas agora ela não existe mais
é só uma efêmera memória
   entre reportagens & pornografia de catálogo
seu corpo despedaçado em ignorância & ódio
seu espírito  condenado como assassinos não hão de ser,
... vitima da própria ignorância & da estupidez dos homens
tão tola & bela
tão inocente & culpada
tão astuta & ignorante
como todos nós!
... descanse em paz onde estiver
   mesmo que a justiça não seja feita
      & se contigo a felicidade não estiver.


10 de nov de 2012

Caminho...


“Não dobre os joelhos sob o peso de um coração partido.
Esse é o meu conselho para você! Jamais se entregue!”
Sam Shepard

Caminho, ando por aí
vago & instável
Pois meu coração chora
e um coração que chora
se torna pedra ou ferro.
Para que serve um coração de pedra?
Para que serve um coração de ferro?
Pra esfriar e enferrujar...

Mas... Ah! O Coração!
O coração carrega fardos que não é dele!
Divide com o timo as cargas das infelicidades!
Mas o coração não pode parar...

O que pesa o coração
é o peso do chão.
O peso de cada passo
                                                                   de cada palavra
                                                                     de cada sim
                & cada não!

Caminho,
ora solene,
horas sonolento,
ora distraído,
traído por um punhado de silêncios...

Sim!
Porque é o que não se diz que maltrata!
A ausência que tritura
tudo aquilo que ali devia ser belo.

Pois não há abandono
que ganhe sentido
em um mundo que tudo há de faltar finalmente...

Por isso que nos é concebido
o dom de chorar & sofrer
quando não há mais nada,
Só o desampara que define nossa condição!

A morte eterna...
a insensibilidade dos sexos...
o abandono dos gatos...
a solidão das pessoas...
a brutalidade do sistema...
a frieza do tempo...
o desconsolo da pobreza...
a fartura do ódio...
o engodo do futuro...
a força das doenças...
...

Caminho
ainda assim,
Porque quando abandono a mim
todas as noites,
sozinha minha alma sonha
com coisas melhores
para meu coração.


3 de nov de 2012

A Rosa Rota de Cada Um

já descansei bastante
   no peso de mil mortes
encontrei um só caminho
enquanto caminhava dez mil quilômetros
repousei ao máximo
   enquanto cruzava uma cordilheira
carregando uma árvore nas costas
   e uma alma no timo

agora é hora de trabalhar
   a tarefa da grande obra dourada
agora é a vez de me esforçar
   pelo descanso do amor
construir minha morada
   onde o fogo não se apaga

plantei minha árvore
   sua sombra é minha justiça
na casa eu repouso, da árvore como o fruto
agora é hora de ensinar

na casa eu asso o pão, na sombra da árvore enxugo o suor
agora é hora de voltar
   ao jardim de meus sonhos puros...