12 de nov de 2011

Fala Cioran:

“Se Nietzsche, Proust, Baudelaire ou Rimbaud sobrevivem às flutuações da moda, devem isso à gratuidade de sua crueldade, à sua cirurgia demoníaca, à generosidade de seu fel. O que faz durar uma obra, o que a impede de envelhecer é sua ferocidade. Afirmação gratuita? Considere o prestigio do Evangelho, livro agressivo, livro venenoso entre todos.”                                              

Nenhum comentário: