15 de ago de 2008

na estrada para longe de casa...

‘...que essa estrada fosse uma eterna reta e essa música tocasse para sempre...


...eu sei que isso seria a morte, mas seria um infinito momento de uma felicidade sem fim também!’


E eu escutei essas suas deliciosas palavras calado, Com o olho e a alma na estrada, desejando que essa morte chegasse logo...

Nenhum comentário: