16 de jun de 2012

Fundo de Quintal


Seja bem vindo meu irmão
À essa casa simples, vêm...
Ela é igual nosso coração, vê...
Aqui é como o amor de Deus, crê...
Sem disfarces, sem mentiras, sabe?...
Nossa casa é o que é
   aberta & aconchegante, achegê-se...
Pois aqui há muito mais.

Aqui tem muito mais meu irmão
Toda essa humilde simplicidade é só uma parte
Que visto ao todo parece o reino de um povo sábio
É que no fundo do quintal meu irmão
   está plantado um tesouro
Nesse chão cercado & zelado
   brota também o que enriquece nosso coração.

É porque meu irmão
São os fundos de quintais que sustentam o mundo
Assim como é no fundo da alma
Que o quem realmente importa
Pois o lugar que Deus gosta de habitar
   é na pobreza de espírito, é na grandeza de coração
Assim como a maior das sedes pode ser findada
   com um simples copo d’água fresca.

É no fundo de quintais meu irmão
Que crescem os alimentos mais caros, na graça...
É ali que brotam as flores mais queridas, em carinho...
E nos recantos as aves fazem ninho, acima do chão...
Nesse lugar humilde de nosso lar
   é onde se mostrar a grandeza de toda união
Vêm & fica meu irmão
Nesse encantar.


Nenhum comentário: