15 de jun de 2014

Menina Rara


Agora se vai
   como um dia veio iluminar
      …uma grande lunação à luz de velas
Com sua luz própria & o fogo nos cabelos
Parte!

E ficarão vazias & sem sentido
   as ruas do silêncio & as cidades que &u inventei
      salas de cinema para ir contigo
Debaixo do abundante reluzir
   das estrelas dos teus olhos…

Agora se vai
Você, esmeralda rubi
Rara como as ruivas
Escarlate eclipse
   que salvou a minha vida mais de uma vez.

Segue seu caminho
   com a nave interior do teu coração
& toma para si teu tesouro:
Uma vida que pertence só a você
   & mais ninguém.

Seja feliz,
Ah! Como é rara a felicidade…
Assim como são preciosas
   pessoas iguais você…
Rubi esmeralda.

Tu és & sempre será
O que há na luz… há na luz…
O que na luz ia… círio… que luz suave dá…
   & contigo sempre estará,
Branda menina rara.


Nenhum comentário: