7 de dez de 2012

Niermeyer

Há homens que a própria vida é uma obra de arte!
A dureza da existência eles vergam
   curvando o tempo & o espaço,
Habitando na dureza de um minuto
   & na brandura de um século.

Hipocentauro da Arquitetura,
O poeta observou a dureza interior da matéria,
   & dobrou crenças & ideais.
Provou que no peito de homens que amam o sinuoso
Pode-se coexistir em paz
   tanto mansões quanto comunas.

Em seu talento arquitetural
   o importante são mais as pessoas & a vida.
Sua poesia ondulante é para
   amolecer & vergar
      o aço no coração dos homens.

Cândido arquiteto brasileiro,
Sua maior edificação
   foi provar a um povo
      inconsciente de seus perigos
Que um Gênio pode gerar uma nação
Só com sua Vida/Arte de interação.




Nenhum comentário: