16 de jan de 2016

Os Cantos do Espaço

Aurora & Ocaso
   se confundem em qualidade,
      ângulos & disposições.

A tarde é maior do que a manhã,
    por horas contadas,
      temperatura & matemática,

O dia, em conceito
    é o nome do círculo todo,
      literatura de ilusões.

Mas é mãe de tudo
A Noite
    de negro manto,
      transparente véu,
         evidentes promessas,
Profundo útero & inalcançáveis mistérios.

A Noite é mulher primordial
   atraente sedutora, buraco negro sem fundo
      que não dança, mas deixas as estrelas bailarem dentro de si
Como se fosse também feminina canção
   em seu silêncio Noxceano...




Um comentário:

Raul Racedo disse...

Muito obrigado gostei do seu trabalho.